Viajar para os Açores: Covid-19

O Arquipélago dos Açores foi considerado um dos destinos europeus mais seguros para viajar em 2020. Mantendo uma vibe sempre positiva, vamos acreditar que se em 2020 era um destino seguro, em 2021 vai continuar a ser. No entanto, há que relembrar que o modo pandemia continua “on” e que devem ser cumpridas determinadas regras antes e durante a chegada aos Açores.

Uma das obrigatoriedades para desembarcar no Arquipélago dos Açores é apresentar um teste SARS-Cov-2 (RT-PCR) NEGATIVO. A boa notícia neste departamento é que os viajantes de Portugal continental ou da Região Autónoma da Madeira podem efetuar GRATUITAMENTE, mediante a apresentação do bilhete de avião, o teste de despiste em laboratórios convencionados pelo Governo dos Açores cuja listagem podem encontrar em destinoseguro.azores.gov.pt.

Se o resultado for negativo, é possível viajar e a viagem deve ser registada na plataforma My Safe Azores para permitir um mais rápido controlo à chegada aos Açores.

Aconselha-se, no entanto, a consulta das recomendações da companhia aérea na qual vais viajar. É também importante saber que, para estadias iguais ou superiores a 7 dias, é preciso efetuar um segundo teste de despiste SARS-CoV-2 ao 6º dia a contar da data de realização do primeiro teste. 

Em caso de desenvolvimento de sintomas tens a responsabilidade, enquanto viajante e cidadão, contactar a Linha de Saúde Açores (808 24 60 24).

Os Açores têm um clima subtropical, pelo que é possível viajar para o arquipélago em qualquer estação do ano. Os períodos de maior pluviosidade (chuvita) são de Outubro a Março, mas as temperaturas são amenas durante todo o ano. 

Nos meses de Verão as temperaturas variam entre os 18ºC e 25ºC enquanto no Inverno variam de 11ºC aos 17ºC. 

Mas, por experiência, é tudo uma questão de sorte, porque de certeza que já ouviste dizer que por lá se podem fazer sentir todas as estações do ano num só dia. E é verdade. Eu viajei até São Miguel em Abril de 2018 e o dia começava quase sempre encoberto, mas depois o sol presenteava-nos com a sua presença. Apanhei chuva no último dia apenas, mas não fez frio. Aliás, foi nesta viagem, em Abril, que fiquei com as primeiras marcas do biquíni.

Apesar de poderes ir em qualquer mês do ano, os mais aconselháveis são de Maio a Setembro, em que a temperatura já começa a ficar mais convidativa.

Deixe uma resposta